PORTADA

NOTICIAS  

A GUARDA

TUI

O ROSAL

OIA

TOMIÑO

BAIXO MIÑO

LOCAL

OUTRAS NOVAS

DEPORTE

AXENDA

NECROLÓXICAS

ENTREVISTAS

COMUNICADOS

PORTUGAL

HEMEROTECA

PÁXINAS

 REPORTAXES

CONCELLO DA GUARDA

RÚAS DA GUARDA

VARIA

FOTOSAYER

FOTOS LECTORES

PATRIMONIO arquivo e documentación

XENTES de Ribadavila

Calendario

ENLACES

 
 
 

 

galiciasuroeste                                                                       PORTUGAL

 

Martes, 30 de maio de 2017   

Gestamp Cerveira distinguida internacionalmente pelo Grupo PSA

A Gestamp Cerveira integra o restrito lote de 11 unidades industriais premiadas com o troféu “Melhor Fábrica do Ano”, uma recompensa às instalações dos fornecedores do Grupo PSA pelo seu desempenho. Autarquia congratula-se com o reconhecimento nacional e internacional atribuído ao percurso de sucesso do tecido empresarial do concelho.

De um total de 11 fábricas distinguidas com este prémio, apenas duas são portuguesas, a Gestamp Cerveira e a Sacia de Águeda, sendo as restantes oriundas de Espanha, França, Eslováquia, Roménia e Tunísia. Enquadrados no plano estratégico de crescimento sustentável "Push to Pass", estes troféus atribuídos pelo Grupo PSA reafirmam a importância da relação com os fornecedores.

Reconhecendo a importância do setor empresarial como motor estratégico e estruturante para o desenvolvimento do concelho, o Município de Vila Nova de Cerveira reconhece e valoriza o papel e ação da empresa Gestamp Cerveira, pelo contributo na geração de riqueza e criação de postos de trabalho, potenciando a economia local.

Há 20 anos instalada em Vila Nova de Cerveira, a Gestamp Cerveira tem registado um sucessivo aumento de produtividade e que resulta, atualmente, num total de 420 postos de trabalho. A dedicação e desempenho da empresa como um todo tem sido reconhecida com a conquista de prémios internacionais, que confirmam a qualidade dos produtos fabricados.

Integrada na Corporacion Gestamp, multinacional da União Europeia, esta empresa dedica-se ao desenho, desenvolvimento e fabrico de componentes e conjuntos metálicos para o setor automóvel, com forte presença mundial.

 

XIII DANCERVEIRA com presenças de Portugal, Espanha, Brasil e Cuba

A um mês de subir ao palco da ‘Vila das Artes’, o XIII DANCERVEIRA vê reforçado o conceito de internacionalização e promete um intercâmbio artístico-cultural ainda mais alargado. Já estão confirmadas as presenças de escolas e de professores oriundos de Portugal, Espanha, Brasil e Cuba. ‘Dance Party’ é a novidade na programação deste ano.

Agendado para de 29 de junho a 02 de julho, o DANCERVEIRA é um Festival Internacional de Dança não competitivo e que promove a interação entre público, escolas, grupos e companhias de dança através de apresentações ao ar livre para celebrar a dança como arte.

Organizado pela ADEIXA – Associação de Dança do Eixo Ibero Atlântico, com o apoio do Município de Vila Nova de Cerveira, este evento reúne, anualmente, mais de 1000 bailarinos, na sua maioria provenientes da Península Ibérica, mas também de outros cantos do mundo.

Este ano, já estão confirmadas as presenças de duas escolas brasileiras – Companhia de Arte Jefferson Brandão da cidade de Taquari, no sul do Brasil, e a Devant Espaço de Dança, de Niterói no Rio de Janeiro. Não obstante, também são vários e reconhecidos os professores de dança que se juntam ao DANCERVEIRA para partilhar conhecimentos e experiências, nomeadamente de Portugal, Espanha, Brasil e, este ano, de Cuba.

Ao longo dos quatro dias, o DANCERVEIRA dinamiza atividades formativas e lúdicas voltadas para o aperfeiçoamento dos bailarinos e para momentos de convívio. Durante as manhãs e inícios de tarde decorrem diversos workshops com professores convidados e, à tarde/noite, realizam-se aulas de dança e espetáculos ao ar livre como o ‘Dançando na Água’, no Parque do Castelinho, e os espetáculos de dança, no Auditório Municipal. Esta XIII edição conta ainda com uma novidade que procura potenciar uma maior interação entre público e bailarinos, com o ‘Dance Party’ a decorrer no sábado 01 de julho, no Auditório Municipal, com a presença do Dj Izan.

Está tudo a postos para, no último fim-de-semana de junho, Cerveira transformar-se na Vila da Dança. As inscrições para o XIII DANCERVEIRA terminam a 11 de junho.

 

Venres, 26 de maio de 2017   

Vila das Artes’ integra ‘Percurso Lusitano’ de Robert Schad

É sob o conceito de perfeito diálogo arte/natureza e, em particular, com o rio Minho, que o reconhecido escultor alemão Robert Schad escolheu três espaços simbólicos de Vila Nova de Cerveira para expor três esculturas da sua autoria. A iniciativa integra a exposição nacional ‘Percurso Lusitano’ apresentada em 15 concelhos do Norte a Sul do país, e que vai estar patente na ‘Vila das Artes’ até abril de 2018.

Robert Schad regressa ao país, onde no início da década de 1980, iniciou a sua carreira artística, para apresentar uma vasta exposição de esculturas. ‘Percurso Lusitano’ revela-se como um momento único, tanto no número de esculturas expostas, como também na própria distribuição espacial, já que estão espalhadas em zonas de cariz histórico e ambiental de Portugal. As linhas que determinam as suas esculturas constituem um fio condutor que atravessa o país, permitindo novos pontos de vista sobre os locais em que as esculturas se encontram.

Aproveitando a especificidade de cada concelho, em Vila Nova de Cerveira, o escultor expõe, a partir de hoje, três esculturas em ferro em três locais distintos, mas com a natureza e o rio Minho como o elemento consensual. Assim, no Parque de Lazer do Castelinho foi colocada a escultura “HAN”, no Parque de Merendas de Montorros é possível apreciar a escultura “Enfime” e no Monte do Espirito Santo a escultura intitulada “Volok”.

Segundo Robert Schad, “o ferro vem da natureza e o objetivo desta exposição é reintegrar este material no seu local de origem, através de formas que se prendem com a natureza, transmitindo a energia interior existente nas árvores e plantas”. Trabalhadas em ferro maciço e partilhando o mesmo diâmetro, as esculturas de Robert Schad caraterizam-se por uma contradição muito interessante, isto é, uma leveza visual que não pressupõe o peso físico de 1,5 tonelada. “É o sonho da leveza, em que sobressai o jogo da construção e do crescimento da escultura conjugado com a natureza”, explica o escultor alemão.

A exposição ‘Percurso Lusitano’ em Vila Nova de Cerveira decorre entre esta quarta-feira, prolongando-se até abril de 2018. A inauguração formal está agendada para o dia 25 de agosto, pelas 18h00, no Fórum Cultural de Cerveira, integrando o programa da XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira.

Com uma carreira artística amplamente reconhecida, Robert Schad tem vários prémios nacionais e internacionais, entre os quais, em 1982, o Prémio de Desenho da III Bienal de Arte Contemporânea de Vila Nova de Cerveira. No ano de 2007, Robert Schad realizou no novo complexo da Santíssima Trindade, do Santuário de Fátima, a Cruz Alta, peça com 34 metros, e que ocupa um lugar central na obra de Robert Schad,

Robert Schad reside e trabalha em Larians (França) e em Chamosinhos (Portugal), onde desde 1988 tem a sua segunda residência.

 

Xoves, 25 de maio de 2017   

Estudantes do 8º ano avaliaram qualidade da água e do lixo das margens

É mais um projeto escolar que contou com uma colaboração muito próxima do Aquamuseu do rio Minho. No passado dia 18 de maio, os alunos do 8ºano do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Cerveira procederam a uma avaliação da qualidade da água, complementada com uma recolha de lixo das margens do rio Minho.

Esta ação integra o trabalho que estão a desenvolver no âmbito do Projeto Rios, no qual o Ribeiro de São Gonçalo é o principal objeto de estudo. Desta forma, e em estreita colaboração com os técnicos do Aquamuseu, foi efetuada uma qualidade da água em diferentes pontos do ribeiro analisando os macroinvertebrados, bem como se procedeu a um registo do perfil das margens, nomeadamente tipo de vegetação, caudal, construções e problemas que possam ter relevância para o estado do ribeiro.

Aproveitando esse estudo foi ainda dinamizada uma recolha de lixo encontrado nas margens do ribeiro junto das zonas em estudo. Desta intervenção, foi retirado um total de 24 kgs de lixo entre plásticos, metal e um pneu.

Com este estudo, e consequentes resultados, consegue-se demonstrar que ainda existem comportamentos que podem ser melhorados por parte das pessoas, de forma a não destruir/contaminar o meio ambiente.

 

Cerveira acolhe Encontro Empresarial do Vale do Minho

Autarcas, empresários, formadores, técnicos, entidades e associações reúnem, esta sexta-feira, no Centro de Apoio às Empresas de Vila Nova de Cerveira, numa jornada de trabalho que visa analisar o desenvolvimento empresarial do Vale do Minho, aprofundar parcerias estratégicas futuras e definir um plano de ações concertado para o território.

Este Encontro Empresarial do Vale do Minho apresenta-se como um espaço de debate entre os diversos intervenientes com responsabilidades diretas na dinamização empresarial. O objetivo é auscultar a visão política, institucional e associativa sobre o estado atual do setor, procurando projetar e alavancar o futuro da região do Vale do Minho.

“Além de dispormos das condições ideais para receber uma iniciativa desta natureza, o Município de Vila Nova de Cerveira tem dado uma especial atenção ao setor empresarial, motor do recente desenvolvimento concelhio, procurando consolidar a posição de Cerveira nas principais rotas de projetos e redes internacionais, sem descurar a hipótese de colaboração com os concelhos vizinhos”, explica o autarca cerveirense, Fernando Nogueira. E assegura: “Estão a ser dados passos muito incisivos em prol de uma atuação mais integrada, eficiente e eficaz, numa lógica de proximidade com os empreendedores e empresários, para a qual a aliança estratégica protocolada em fevereiro já está a dar resultados”.

Do programa consta a sessão de abertura a cargo dos presidentes das Câmaras municipais de Vila Nova de Cerveira, Arcos de Valdevez, Paredes de Coura, Valença e de Monção. Segue-se um conjunto de painéis mais técnico e associativo, nomeadamente “Caraterização da região, em ternos de indústria metalúrgica e metalomecânica, condições para o investimento” pela CIM Alto Minho; “Apoio ao Empreendedorismo e ao desenvolvimento empresarial no Alto Minho“ pela ACIBTM/In.Cubo, “A importância do associativismo no desenvolvimento económico e o apoio associativo ao tecido empresarial” pela AIMMAP, “Oferta formativa para a região, visando cobrir as necessidades das empresas” pelo CENFIM e “Apoio Tecnológico disponível” pelo CATIM. A sessão de trabalhos é encerrada com um espaço de debate e o estabelecimento de um plano de ações.

Numa organização do Município de Vila Nova de Cerveira, em parceria com a CIM Alto Minho, a In.Cubo, o CENFIM, a AIMMAP e o CATIM, o Encontro Empresarial do Vale do Minho decorre esta sexta-feira, 26 de maio, entre as 09h00 e as 13h00, no Centro de apoio às Empresas de Vila Nova de Cerveira.

 

II Expo Casa, Jardins e Lazer apresenta últimas tendências num ambiente animado

O Pavilhão Multiusos de Cerveira volta a ser palco de um evento que conjuga a vertente empresarial ao cariz familiar. Depois do sucesso do ano passado, a AncorEventos com o apoio do Município de Vila Nova de Cerveira, reforça a aposta na II Expo Casa, Jardins e Lazer para este fim-de-semana. Com entrada e estacionamento livre, a Exposição Internacional de Orquídeas e o Mercadito Encantado são dois atrativos que convidam a uma visita conciliada de pais e filhos.

Cerca de 50 expositores afetos à construção/renovação de casas, decoração de interiores e jardins vão apresentar, ao longo de três dias, as últimas tendências, através de um ambiente interativo e de contato direto com os fabricantes e representantes de empresas fornecedoras de produtos, além de receber orientações de consultores em diversas áreas para montar ambientes com beleza, conforto e modernidade.

Para quem pensa em comprar ou remodelar a sua casa, ao longo de uma área de 1.350m2, este evento expõe uma ampla oferta de materiais de construção e acabamentos, complementada com um conjunto diversificado de serviços e produtos na área de jardins.

Este ano, a entidade organizadora - AncorEventos - conferiu uma maior aposta na vertente lúdica, de forma a criar um ambiente ainda mais familiar, com o alargamento da Exposição Internacional de Orquídeas que atrai centenas de visitantes e a diversidade das atividades propostas pelo Mercadito Encantado, nomeadamente workshops para grávidas e pais com filhos pequenos, e animação desde a chegada do Panda, insufláveis gratuitos, música e dança.

A II Expo Casa, Jardins e Lazer arranca esta sexta-feira, 26 de maio, entre as 18h00 e as 23h00, no sábado das 10h00 às 23h00 e no domingo das 10h00 às 18h00. A entrada e estacionamento é gratuito.

 

Mércores, 24 de maio de 2017   

Petiscar é nos Sabores Serranos em Valença. Festival Gastronómico Dedicado ao Porco

Petiscos de fazer crescer água na boca tem festival, em São Julião, Valença, no fim de semana de 27 e 28 de maio. Sabores Serranos convidam a deliciar-se com as iguarias do porco, preparadas com os segredos e os temperos dos nossos avós.

Os Sabores Serranos do Porco

Os sabores do porco, como o presunto, o chouriço, os rojões, o leitão e a orelha serão algumas das iguarias que poderá apreciar neste festival. Acompanham o tradicional bolo do tacho, os queijos e a broa de milho cozida nos antigos fornos a lenha e o caldo verde de Valença, uma das 7 Maravilhas Gastronómicas de Portugal. A doçaria local e os vinhos verdes marcam, também, presença neste certame. Dois dias para petiscar, comprar, apreciar e deliciar-se com vários pratos e petiscos serranos.

Festa Minhota

As tradicionais desgarradas e cantares ao desafio, a queimada serrana, à noite e a mostra de folclore local prometem dois dias de uma autentica festa minhota.

Petiscar produtos locais, provar os vinhos da região e divertir-se numa festa animada é nos Sabores Serranos.

Os Sabores Serranos são uma iniciativa da Câmara Municipal de Valença, da Junta da União das Freguesias de São Julião e Silva e do Rancho Folclórico de São Julião.

 

Mércores, 17 de maio de 2017   

Aprovada candidatura de meio milhão de euros para potenciar cooperação transfronteiriça Cerveira-Tomiño

A “Agenda Estratégica de Cooperação Transfronteiriça Amizade Cerveira-Tomiño - Coop _ ACT” integra a lista dos 132 projetos aprovados na primeira convocatória Interreg V–A. Candidatura recebe meio milhão de euros para reforçar uma visão compartilhada dos dois concelhos, através de estratégias de desenvolvimento e projetos que materializem a sua integração num único espaço físico e social.

            O Comité de Gestão do Programa de Cooperação Transfronteiriça Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020 divulgou recentemente a lista de projetos aprovados para, em breve, se proceder à assinatura dos acordos entre a Autoridade de Gestão e os Beneficiários Principais.

Com um investimento aprovado de cerca de 500 mil euros, financiado a 75% pelo Feder, o principal desafio deste projeto é caminhar para uma efetiva ‘desfronteirização’. Por um lado, pretende-se aprofundar e consolidar as relações institucionais através de uma programação e gestão conjunta e compartilhada dos distintos serviços públicos, de forma a eliminar riscos de duplicação de equipamentos e, por outro lado, promover o conceito de ‘eurocidadania’, ou seja, estimular a participação cívica ativa na formulação de propostas e escolhas exercida de forma democrática e inovadora ao nível transfronteiriço, implicando os cidadãos de Cerveira e Tomiño na formulação de soluções para necessidades comuns.

O projeto desenvolve-se em quatro atividades e cuja implementação das ações específicas alarga-se até 31 de dezembro de 2019. A atividade I visa a dinamização da Agenda Estratégica Cerveira-Tomiño com o intuito de manter o processo vivo e promover a participação pública, com destaque para a criação da figura de provedor da cidadania transfronteiriça e a implementação do projeto piloto de orçamento participativo transfronteiriço, cuja edição 2017 já está em fase de execução com três projetos vencedores; a atividade II incide sobre um programa de gestão partilhada de serviços locais, com destaque para o “Gotas de Água por Notas de Música”, isto é, uma experiência-piloto de oferta de dois serviços, a Piscina Municipal de Vila Nova de Cerveira e a Escola de Música de Tomiño, mas podendo ainda ser alargada a outros serviços públicos locais; a atividade III versa sobre a dinamização da economia local transfronteiriça potenciando iniciativas empresariais no setor do turismo e das plantas ornamentais; e, por último, a atividade IV que sustenta a capacitação e participação em redes de cooperação, ou seja, o intercâmbio de experiências e boas práticas com outras dinâmicas transfronteiriças e a realização das Jornadas Amizade Cerveira Tomiño.

De recordar que Vila Nova de Cerveira e Tomiño formalizaram a sua cooperação, em junho de 2014, com a subscrição da Carta da Amizade, de forma a consolidar um crescimento sustentável, inovador e inclusivo baseado na cooperação transfronteiriça.

 

Museus Fora de Portas’ reflete sobre papel do património como fator de atratividade

Entre esta quinta-feira e domingo, os museus de Vila Nova de Cerveira vão ao encontro da comunidade. Trata-se da 4ª edição da iniciativa ‘Museus Fora de Portas’ que, este ano, através de um conjunto diversificado de atividades, propõe uma reflexão sobre ‘Partir ou Ficar’. Objetivo é debater o papel do património como fator de atratividade e fixação de população.

O tema desenvolvido por Vila Nova de Cerveira nasce do desafio proposto pelo ICOM para a Comemoração do Dia Internacional dos Museus: “Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus”. Desta forma, o Aquamuseu do Rio Minho, o Museu da Bienal de Cerveira e o Convento de S. Paio, em conjunto com o Município de Vila Nova de Cerveira, optaram por abordar o fenómeno da desertificação do território.

Porque o envelhecimento da população e, consequentemente, a desertificação, apresenta-se como um problema transversal aos dez concelhos do Alto Minho, esta 4ª edição dos ‘Museus Fora de Portas’ lança o repto, a residentes e visitantes, para partilhar a sua opinião relativamente ao papel que o património - do cultural ao natural - pode ter como fator de atratividade e fixação de população.

Neste sentido, entre esta sexta-feira e domingo, o Terreiro acolhe uma exposição de registo fotográfico e de experiências intitulada ‘Partir ou Ficar: Rostos e Testemunhos’. Cerca de 30 relatos de cerveirenses e turistas vão estar explanados num mural, existindo um espaço em branco para recolher novos contributos.

Ainda durante o dia de sábado, quatro artistas convidados vão desenvolver uma intervenção artística ao ar livre, subordinada ao tema ‘Partir ou Ficar’. Estão confirmadas as presenças de Henrique do Vale, Maria Melo, Ricardo de Campos e Alfonso Vicente Rey. Para encerrar esta programação, a Biblioteca Municipal é palco de uma tertúlia centrada no tema principal desta edição onde, através de testemunhos de pessoas que se fixaram em Cerveira e outras que, por vicissitudes da vida tiveram de partir, contam as suas experiências e preveem os desafios e perspetivas. A entrada é livre.

O programa das atividades dos ‘Museus Fora de Portas’ proporciona ainda visitas guiadas gratuitas aos três museus envolvidos na iniciativa, ao longo desta quinta-feira, 18 de maio, Dia Internacional dos Museus.

 

VALENÇA

Valença Quer Comboio Alfa na Linha do Minho

O Presidente da Câmara de Valença reivindica o Comboio Alfa na ligação de Valença a Vigo e ao Porto, na Linha do Minho, após a eletrificação da linha.

Jorge Mendes espera que os governos de Portugal e Espanha assumam esse compromisso já na próxima Cimeira Ibérica nos dias 29 e 30 de Maio, em Vila Real.

A reivindicação foi feita ontem, 15 de maio, em Braga, na reunião da Comunidade de Trabalho Galiza – Norte de Portugal.

Valença tem uma posição geo-estratégica privilegiada, no contexto do Noroeste Peninsular, sendo hoje a plataforma central do Vale do Minho português e do Baixo Miño galego para o transporte ferroviário de passageiros entre o Norte de Portugal e a Galiza.

A Estação de Valença tem registado um aumento exponencial do número de passageiros que utilizam as ligações Porto / Vigo, com paragem em Valença. Valores que refletem a operacionalidade do comboio internacional Celta, mas que podem ser ainda mais potenciados com o comboio Alfa.

Os resultados da exploração desta ligação internacional e da paragem em Valença vem dar razão à revindicação da modernização da linha e da colocação de comboios mais rápidos fundamental para a competitividade e atratividade deste território.

 

Xoves, 11 de maio de 2017   

Reunião de trabalho entre autarquia e União de Exportadores da CPLP

O presidente do Município de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, reuniu, esta segunda-feira, com responsáveis pela União de Exportadores Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) para abordar eventuais protocolos de colaboração nas áreas do desenvolvimento de promoção empresarial, agroalimentar, formação e turismo.

Na reunião de trabalho com o presidente da União de Exportadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (UE-CPLP), Dr. Mário Costa, e o responsável pelo Núcleo do Minho da UE-CPLP, Dr. Orlando Carvalho, esteve ainda presente o Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, e responsáveis pela Incubo.

O objetivo deste encontro foi dar a conhecer a dinâmica do concelho de Vila Nova de Cerveira nas mais diversas áreas de intervenção, de modo a encontrar interesses comuns com a UE-CPLP, com vista a eventuais investimentos quer em Portugal quer nos nove países que integram a CPLP (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste). Desenvolvimento empresarial, agroalimentar, formação e turismo são pontos comuns para a celebração de eventuais protocolos de colaboração.

Satisfeito com este primeiro contacto e com a expetativa de definição de ações futuras, o autarca cerveirense sublinha que o intercâmbio com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa tem de ser uma realidade, pelas inúmeras vantagens associadas. “O primeiro passo está dado com a integração da VIII Bienal de Jovens Criadores da CPLP na XIX da Bienal Internacional de Arte de Cerveira, pelo que agora temos de alargar a partilha de conhecimentos e de experiências a outras áreas”, assegura Fernando Nogueira.

 

Centro Paroquial de Reboreda com cozinha renovada para melhor servir os utentes

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira concedeu um apoio financeiro de 10 mil euros ao Centro Paroquial de Reboreda para a aquisição de novo equipamento para dotar a cozinha de maior funcionalidade e, por consequência, melhorar o serviço prestado aos utentes daquela instituição.

A substituição do fogão e do forno foi apresentada pela direção da IPSS como uma das prioridades, justificada pelo estado obsoleto dos equipamentos, não tendo sido substituídos “há largos anos”, com consumos de energia exagerados e nada funcionais. Após análise, a autarquia cerveirense avançou com a aprovação deste apoio financeiro no valor de 10 mil euros.

Para a Vereadora da Ação Social, Aurora Viães, “é importante auscultar as necessidades das IPSS’s e, dentro das possibilidades, conceder apoios. Estas instituições são o garante da atuação em termos da resolução de problemas sociais de vária ordem, na primeira linha”.

O Centro Paroquial de Reboreda serve os cerveirenses há 22 anos, através das valências de serviço ao domicílio, centro de dia e lar de idosos, perfazendo cerca de 100 utentes com a colaboração atual de 37 funcionários.

 

VIANA DO CASTELO

Freguesia da Montaria (Viana do Castelo) recebe rally em ambiente de festa

Tudo a postos para mais uma edição do Rally de Portugal na freguesia de São Lourenço da Montaria, em Viana do Castelo. Conhecida pela tradição, natureza e hospitalidade das suas gentes, Montaria volta a oferecer uma experiência única de convívio e animação aos milhares de amantes da prova que preferem esta Zona de Espetáculo da Montaria (ZE-14).

À semelhança do ano anterior, prevê-se uma ‘invasão’ de pessoas oriundas de vários pontos do país e da Galiza para desfrutar das duas classificativas agendadas para o dia 19 de maio, concretamente às 11:42 e às 17:42.

Mas a festa arranca já na véspera da passagem da prova, com o centro desta freguesia de montanha, e toda a sua envolvente, a ser transformado num parque de campismo improvisado, onde à boa-disposição própria dos amantes do rally se junta animação musical promovida pela Junta de Freguesia de São Lourenço da Montaria, em parceria com a Associação Amigos de São Lourenço da Montaria.

Trata-se do “Rally Party 2017 in Montaria” que arranca às 21h00, do dia 18 de maio, com a atuação do Grupo de Bombos das Montanhas, e prossegue noite dentro com os dj’s B&M, Dj Set, com música dos anos 70, 80 e 90 Dj Richard Lopez, House Music.

Receber bem os visitantes e promover São Lourenço da Montaria são os objetivos desta iniciativa

Após vários anos de ausência, o regresso da passagem do rally na Montaria há dois anos rapidamente conquistou o seu lugar de sucesso, tendo mesmo servido de pretexto para avançar com a requalificação da zona, que agora volta a ser procurada pelas pessoas, em usos diversos.

 

Mércores, 10 de maio de 2017   

Cerveira Saudável’ 2017 com calendário diferenciado e inscrições abertas

Durante os próximos meses, os fins-de-semana em Vila Nova de Cerveira prometem ser dinâmicos e saudáveis, através da promoção de sessões gratuitas e monitorizadas de exercício físico para todas as idades. A essência do ‘Cerveira Saudável’ mantém-se, apenas se altera a forma de participação que está sujeita a inscrição on-line.

Já está a decorrer mais uma edição do projeto ‘Cerveira Saudável’, proporcionando um conjunto de atividades diferenciadas que aliam desporto, bem-estar, convívio e natureza. Caminhadas, trilhos, passeios de bicicleta, dança e remo são as sugestões para os fins-de-semana.

As atividades são, na sua maioria, gratuitas e realizam-se aos sábados e/ou domingos, pelas 09h00, em vários espaços públicos do concelho. Este ano, é solicitado que cada participante faça a inscrição através do site da Câmara Municipal na secção Destaques/Cerveira Saudável.

De sublinhar que, uma vez por mês, há uma atividade com um custo de 2,5 euros associado, por proporcionar uma caminhada complementada com uma degustação.

Para o presente mês de maio ainda estão abertas inscrições para o “Trilho de Cerveira” de 15 kms agendado para o próximo domingo, dia 14, promovido pelo Cerveira Team Running e, no dia 28, poderá ter a oportunidade de dar um “Pé de Dança” no Terreiro.

 

Martes, 9 de maio de 2017   

Dia Internacional da Família celebrado com piquenique e atividades partilhadas

Dia 20 de maio, o Parque de Lazer do Castelinho torna-se o cenário ideal para pais e filhos, avós e netos, tios e sobrinhos participarem em diversas atividades lúdicas e partilhar um piquenique com outras famílias. A comemoração do Dia Internacional da Família em Vila Nova de Cerveira é gratuita, mas sujeita a inscrição até dia 11 de maio.

Promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco de Vila Nova de Cerveira, com o apoio da Câmara Municipal, esta iniciativa tem como objetivo valorizar a família e fomentar e/ou reforçar sentimentos de (re)aproximação entre familiares, através de um dia diferente marcado pela partilha.

O programa comemorativo arranca às 10h00 do sábado, 20 de maio, com abertura do espaço, formação de equipas familiares e personalização de t-shirts e pinturas faciais. O período da manhã é ainda preenchido com a realização de um peddy-paper e a demonstração de uma aula de zumba que entre todas as famílias presentes. As famílias devem trazer o seu farnel a juntar às senhas oferecidas pela organização, em que cada uma dá direito a uma sandes de porco no espeto, uma peça de fruta, uma sobremesa e uma bebida.

Durante a tarde, prosseguirá a boa-disposição e animação musical, complementada com a realização de jogos tradicionais como bilha, corda, petanca e corridas.

Todas as atividades são gratuitas e abertas a toda a população, mas sujeitas a inscrição até 11 de maio, na Loja Interativa de Turismo, na CPCJ e nos Serviços Municipais de Intervenção Social.

Recorde-se que a celebração do Dia Internacional da Família, que acontece desde 1994, pretende sensibilizar a população para a importância da família na base da educação infantil, reforçar a mensagem de união, amor, respeito e compreensão necessárias para o bom relacionamento de todos os elementos que compõem a família, e chamar a atenção para a importância da família como núcleo vital da sociedade.

 

1º Duatlo de Vila Nova de Cerveira agendado para 21 de maio

É mais um evento desportivo a “plantar a semente” em Vila Nova de Cerveira! Dia 21 de maio, o centro histórico cerveirense é palco do 1º Duatlo com classificação para o Circuito Regional de Duatlo na variante Sprint de Duatlo de Estrada, onde serão definidos os Campeões Regionais por Grupos de Idade. Inscrições estão a decorrer até dia 15 de maio.

Organizado pela Pedal’arte - Associação de Cicloturismo de Vila Nova de Cerveira, com o apoio da Câmara Municipal e da Federação Portuguesa de Triatlo, o 1º Duatlo de Vila Nova de Cerveira conta com três provas, nomeadamente os escalões de Benjamins e Infantis, os escalões Iniciados e Juvenis, e a prova anfitriã na distância Sprint de Duatlo de Estrada.

“Conjugando as condições naturais únicas de Vila Nova de Cerveira, à crescente expansão da modalidade no nosso país e à mensagem de incentivo e de divulgação da modalidade que se pretende transmitir, acredito que estamos a plantar a semente da modalidade no concelho”, disse Paulo Bouça, da Pedal’arte durante a conferência de imprensa de apresentação do evento, que decorreu esta manhã, na Câmara Municipal.

Agendado para dia 21 de maio, o 1º Duatlo de Vila Nova de Cerveira vai percorrer várias artérias do centro histórico, entre as 09h00 e as 14h00, prevendo-se a participação de 150 atletas do Norte de Portugal e da Galiza.

Com as inscrições a decorrer até dia 15 de maio, no site www.triatlonorte.pt , em disputa vão estar três provas: os escalões de Benjamins e Infantis com distâncias de 800m de corrida, 1000m de Ciclismo e 250m de corrida; os escalões Iniciados e Juvenis com distâncias de 1000m de corrida, de 1400m de Ciclismo e 600m de corrida; e a prova anfitriã na distância Sprint de Duatlo de Estrada para os atletas federados, amadores e equipas estafetas, com distâncias de 5Km de corrida num percurso de 2 voltas, de 17Km de Ciclismo em 4 voltas e 2,5Km de corrida no final.

Cerveira tem afirmado o enorme potencial desportivo, cativando o interesse de entidades oficiais das mais diversas modalidades para provas de competição. Depois da consolidação de eventos como o Slalom, Remo, Trail e Triatlo, surge o Duatlo em Vila Nova de Cerveira.

 

Sábado, 6 de maio de 2017   

Cruzeiro e visita panorâmica ao Porto marcam Passeio/Convívio Sénior 2017

Estão a decorrer, até 31 de maio, as inscrições para a edição 2017 do tradicional Passeio/Convívio Sénior do concelho. O Município de Vila Nova de Cerveira promove mais um encontro sociocultural para os seniores com destino ao Porto, para desfrutar da experiência do Cruzeiro das 6 Pontes e de um circuito panorâmico pela cidade.

A iniciativa, que conta com o apoio das Juntas de Freguesia, realiza-se em dois grupos, nos dias 14 e 15 de junho, destinando-se exclusivamente a pessoas a partir dos 60 anos, ou reformados, e que se encontrem recenseados no concelho.

Do programa consta, no período da manhã, e em grupos intercalados, a realização do Cruzeiro das 6 Pontes com inúmeros pontos de interesse turístico, e o autocarro panorâmico com uma visita aos edifícios, monumentos e atrações da cidade do Porto. Como habitual, está agendado um recheado e sempre animado almoço, com a presença de música (fado e rusgas de S. João), e muita dança sugerida pelos sons tradicionais.

A autarquia cerveirense acredita que esta atividade promove o conceito da ‘Vila das Artes’, pois com as visitas, os cerveirenses seniores podem conhecer locais, culturas, riqueza patrimonial e adquirir experiências únicas, e muitas vezes irrepetíveis, em espaços que, até aqui, desconheciam ou faziam parte apenas do seu imaginário. É um momento de reencontros que resulta em convívio e partilha entre os participantes, fortalecendo os laços de amizade e afirmando a identidade cerveirense.

Os interessados devem inscrever-se na respetiva Junta de Freguesia, até ao dia 31 de maio.

 

Novo Regulamento do OP em consulta pública

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira elaborou um novo Regulamento do Orçamento Participativo (OP) que acaba de ser colocado em consulta pública, durante um período de 30 dias, aguardando sugestões/contributos da população. Documento consolida critérios no processo de apresentação de propostas e execução dos projetos, bem como reforça o papel das Normas de Participação Anuais.

Implementado em 2015, o Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira tem suscitado um crescente interesse dos cidadãos, quer na apresentação de propostas quer na votação dos projetos.

Sendo um processo de aprendizagem contínua e conjunta, e volvidas duas edições, a autarquia cerveirense decidiu introduzir algumas alterações de melhoria que visam consolidar os conceitos de transparência e acessibilidade a todos, nomeadamente no que diz respeito à elegibilidade das propostas, às áreas de intervenção, à execução dos projetos e à importância das Normas de Participação Anuais.

Após aprovação em Reunião de Câmara do passado dia 26 de abril, a proposta de regulamento foi colocada em consulta pública, podendo ser consultada na Plataforma On Line do OP, como também no Portal do Município em Destaques.

Os interessados devem formular, por escrito, as suas sugestões dirigidas ao Presidente da Câmara Municipal. No final, e após análise dos contributos, a versão final do documento será apreciada e votada pela Assembleia Municipal.

 

Utentes do CSP Campos conquistam 2º lugar nas V Olimpíadas Seniores 2017

Os 15 utentes do Centro Social e Paroquial (CSP) de Campos, Vila nova de ceveira, participaram, esta quinta-feira, em Albergaria-a-Velha, nas V Olimpíadas Seniores 2017, tendo alcançado o 2.º lugar nas provas de percurso de obstáculos e de curling adaptado. Atividade contou com a presença de cerca de 1100 seniores de 50 instituições de vários distritos do país.

Promovida pela CEDIARA - Associação de Solidariedade Social de Ribeira de Fráguas, esta iniciativa de âmbito nacional, direcionada a seniores a frequentar respostas sociais na área da terceira idade, visa a promoção do envelhecimento ativo e do convívio, estimulando a mobilidade, o exercício físico e as capacidades cognitivas.

Quinze utentes do CSP de Campos participaram em seis modalidades das sete em competição, tendo revelado um bom desempenho, com o 2º lugar nas provas de percurso de obstáculos e de curling adaptado. No entanto, no final do dia, foram unanimes ao referir que a competição foi a parte menos importante, pois o que diferenciou o dia foi a participação, a motivação e o convívio.

Os vencedores tiveram a honra de receber as distinções das mãos dos Atletas Olímpicos, Armando Aldegalega e Rosa Mota.

 

Venres, 5 de maio de 2017   

Assinado protocolo para aulas de segurança, defesa e paz nas escolas do concelho

Os 10 municípios do distrito de Viana do Castelo e os ministérios da Educação e da Defesa Nacional formalizaram, esta quarta-feira, em Paredes de Coura, a implementação de conteúdos relacionados com a segurança, defesa e paz nos planos curriculares das escolas do distrito. Autarca Fernando Nogueira representou Vila Nova de Cerveira na cerimónia de assinatura do “Protocolo para a Promoção do Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz”.

Com a presença do Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e da Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, os representantes dos 10 concelhos do Alto Minho formalizaram a adesão a uma ferramenta que contribuirá para elevar o nível de conhecimentos, promovendo atitudes/valores e comportamentos na área da segurança, defesa e paz das crianças e dos jovens.

O Município de Vila Nova de Cerveira compromete-se, desta forma, a colaborar com os Ministérios da Defesa Nacional e da Educação, na elaboração e execução do plano de implementação do «Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz» a nível concelhio, procurando, na medida das suas atribuições, incentivar, apoiar e integrar no projeto educativo concelhio, iniciativas relevantes da sociedade civil, relacionadas com a promoção da segurança, da defesa e da paz.

Após a formalização ao programa perspetiva-se que a sua implementação aconteça já no ano letivo 2017/2018, no âmbito da educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário.

 

Fernando Nogueira é um dos “Rostos do Novo Norte”

"Bienal de Cerveira | 35 anos de valores culturais e arte contemporânea" (2015) é um dos 50 projetos da Região Norte que integra a publicação "O Norte Somos Nós - Rostos de Um Novo Norte", lançada esta terça-feira pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

O prefácio do livro refere: “O ON.2 - O Novo Norte não é feito só de números nem de prioridades. Os protagonistas deste programa financeiro são sobretudo os responsáveis pelos investimentos efetuados e os beneficiários dos projetos que deverão conduzir a região a um patamar mais competitivo, mais próximo das demais regiões europeias. Para um Novo Norte”.

Neste sentido, a CCDR-N, enquanto Autoridade de Gestão do ON.2, desafiou três fotógrafos - António Sá, Claude Medale e Egídio Santos - a retratarem os protagonistas enquanto embaixadores genuínos do programa. O livro “O Norte Somos Nós – Rostos de um Novo Norte” é o resultado desta recolha e “serve para reconhecer que uma região só se afirma como dinâmica e competitiva se apostar nos seus cidadãos”.

Fernando Nogueira, na qualidade de presidente do Conselho Diretivo da Fundação Bienal de Arte de Cerveira, deu rosto a este projeto cerveirense que integra o restrito leque de rostos do Novo Norte. "Bienal de Cerveira | 35 anos de valores culturais e arte contemporânea” incidiu na inventariação, restauro e conservação do acervo da Fundação, composto por mais de 500 obras e avaliado em mais de um milhão de euros, bem como concretizou um plano de promoção e divulgação deste património, permitindo ao público o acesso e conhecimento deste legado.

A cerimónia de lançamento do livro e inauguração de exposição com o mesmo nome – “O Norte Somos Nós – Rostos de um Novo Norte” – decorreu, esta terça-feira, no Porto, num encontro que marcou o encerramento de um ciclo comunitário que permitiu a aplicação de um envelope financeiro muito significativo na Região do Norte, viabilizando um investimento de cerca de 3,2 mil milhões de euros.

 

Mércores, 3 de maio de 2017   

Cerveirense Daniel Castro sobe à I Liga com o Desportivo das Aves

É mais um caso de um cerveirense a conquistar o sucesso desportivo a nível nacional. Trata-se de Carlos Daniel Barros de Castro que integra a equipa técnica do Desportivo das Aves, clube que acaba de subir à I Liga. Autarquia felicita trabalho e dedicação, fazendo votos de um futuro promissor.

A três jornadas do final desta época 2016/2017, o Desportivo das Aves juntou-se, este domingo, ao Portimonense na subida à I Liga de futebol. Na equipa técnica do clube está Daniel Castro, de 32 anos, preparador físico e natural de Vila Nova de Cerveira.

O Município de Vila Nova de Cerveira endereça os parabéns ao conterrâneo Daniel Castro por esta conquista, desejando que o percurso seja de sucesso e de consolidação de objetivos pessoais e profissionais.

 

Autarquia apoia aquisição de viatura para Unidade Local de Covas

Justificada pela distância à sede do concelho e pela ação imediata em casos de incêndios, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira vai conceder um subsidio pontual à Associação de Defesa do Património Florestal – Unidade Local de Covas (ULC) para aquisição de uma viatura intermédia de combate a incêndios, com capacidade de 1500 litros de água.

Pioneira no distrito de Viana do Castelo desde 2010, a Unidade Local de Covas tem desempenhado um papel preponderante e de primeira instância na prevenção e combate a incêndios florestais, quer na freguesia de Covas quer nas freguesias limítrofes, para além da limpeza de aquedutos, corte de árvores, desobstrução de estradas e atendimentos urgentes em cheias.

Constituída por 15 voluntários, todos residentes na freguesia e com formação na área, esta equipa encontra-se equipada com uma viatura ligeira com Kit de primeira intervenção (500 litros de água) e viatura pesada de combate a incêndios (3000 litros de água).

Recentemente, e com o aproximar do verão, a associação manifestou a necessidade de alargar a frota, através da aquisição de uma viatura intermédia de combate a incêndios, com capacidade para 1500 litros de água. Como forma de complementar a atuação prestada, a autarquia cerveirense aprovou conceder um apoio financeiro, “em prol da segurança e capacidade de intervenção com benefícios para a população do concelho”.

A ULC foi criada pela Junta de Freguesia de Covas, tendo dado lugar a uma associação com personalidade jurídica.

 

Exposição de fotografia “Le Corps D’Illusion” inaugura sábado

A Fundação Bienal de Arte de Cerveira apresenta a partir do próximo sábado (16h00) a exposição de fotografia “Le Corps D’Illusion”, da autoria de António Oliveira. Até 27 de maio o público poderá conhecer um conjunto de 36 fotografias do artista, que remetem para a sensualidade e a ilusão do corpo.

Com a exploração da dinâmica entre luz e sombra, José Oliveira transporta o visitante através da fotografia para a dimensão emocional de um universo magmático, através de detalhes orgânicos, reveladores da plasticidade sensual.

José Oliveira é natural de Espinho, mas vive no Porto. Frequenta Economia Política em Paris, cidade de onde se exila em 1969, e onde regressa em 1972. Foi preso político em Caxias, e é libertado no 25 de abril. Licencia-se em Arquitectura no Porto e especializa-se em Urbanismo. É fotógrafo amador.

Fotografias em coleções públicas:

- Bibliothèque Nationale de France

- Bibliothèque Historique de la ville de Paris

- Galerie Municipale du Chateau d´Eau. France

- Fundação de Serralves. Porto

- Museu Municipal Amadeu de Souza Cardoso

- Casa-Museu Teixeira Lopes. V. N. de Gaia

- Musée Carnavalet. Paris

- Musée de la Photographie à Charleroi. Belgique

- Biblioteca Municipal de Espinho

- A Cult. Convento de San Payo  V. N. de Cerveira

- Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Exposições individuais e coletivas:

- Casa-Museu Teixeira Lopes. V N de Gaia

- Ordem dos Arquitectos Portugueses.  Lisboa

- ACERT. Tondela e Maputo (col)

- Fundação de Serralves. Porto (col)

- Biblioteca Municipal de Espinho

- Imago-Lucis  Galeria de Fotografia. Porto

- Magnus Caffe. Porto

- Galeria M. Porto

- Adega do Olho. Porto

- Palacete dos Viscondes de Balsemão. Porto

- Galeria da Praça. Arouca

- Faculdade de Letras da Universidade do Porto

- Fundação José Rodrigues. Porto

- UNICEPE - Coop. Livreira dos Estudantes do Porto

- Sociedade Nacional de Belas Artes. Lisboa

- Escola Superior de Teatro e Cinema.  I. P. de Lisboa

Local: Fórum Cultural de Cerveira | Avenida das Comunidades Portuguesas S/N 4920-275, Vila Nova de Cerveira

Horário: terça a sexta-feira: 15h00 às 19h00; sábados e feriados: 10h00 às 13h00; 15h00 às 19h00

   

Aquamuseu e Laboratório da Paisagem reforçam cooperação pedagógica e científica

Unidos pela ação dinâmica na preservação ambiental, consubstanciada na promoção e divulgação, nas atividades lúdico-culturais e na investigação, o Aquamuseu do rio Minho, localizado em Vila Nova de Cerveira, e o Laboratório da Paisagem de Guimarães vão trabalhar em conjunto, de forma proporcionar uma maior proximidade e troca de experiências.

O objetivo da celebração deste protocolo de colaboração é a cooperação cientifica e técnica, em domínios considerados de interesse mútuo, nomeadamente a participação em ações de formação que venham a ser promovidas por uma das partes e a promoção de iniciativas cientificas e/ou de educação ambiental conjuntas. Esta cooperação visa ainda fortalecer uma maior aproximação entre as instituições de investigação e os centros de interpretação ambiental.

O Aquamuseu do rio Minho e o Laboratório da Paisagem de Guimarães têm como missão a divulgação do património natural e cultural, o desenvolvimento de atividades didático-culturais em estreita colaboração com as escolas e de atividades de investigação e desenvolvimento numa relação privilegiada com as universidades.